Woman To Be

TORNA-TE QUEM TÚ QUE ÉS

Refletindo sobre Zona de Conforto!
Crônica de Fernanda Procópio Cajado

 

Estar na zona de conforto é expressão mais usada no momento. Ela foi criada pelos pesquisadores de gente ou investigadores da mentepara explicar um padrão estagnado de comportamento.

Mas, Como assim? Eu não concordo !
​​Assistir a vida dos outros(menos a sua)evoluindo, dando certo, não é  nada confortável .
É tanta gente ocupada, focada, doutorada, endinheirada e ainda… apaixonada !
Casando, tendo filhos ou netos, novos amores,curtindo velhos amigos, e viagens para lugares incríveis !
Praticando de tudo: iogas com nomes complicados, retiros de silêncio e meditação e atécoaching na woman to be.
Jogando tênis, golfe, fazendo vela e esqui. Enfim, acumulando milhas na vida e no cartão e você? Vai ficar aí?

​​Não é uma questão de ter inveja branca, ou preta, mas surfar na vida sem nenhuma corvariando em tons pálidos ? Isso ninguém merece!

​​os caras ainda vem dizer que esse padrão estagnado em que nada acontece,  que mais me lembra a cor bege calcinha é sinônimo de zona de conforto?
Mas…Que conforto? O nome disso é desconforto!

Pois na zona de DESconforto estamos reféns daansiedade, medo e fraqueza. Há vontade mas nenhuma coragem para dar os primeiros passos sair dos velhos padrões.

A inércia é de entrar de manhã no shopping eafogar-se ecafés, sorvetes e lojas: Sair cheia desacolas; Presentear-se! Passar a tarde no salão e depois,o resto da noite na televisão e nas redes sociais, assistindo a vida alheia passar, enquanto devora umacaixa de chocolates belga.

Mudarás da cor bege calcinha para o vermelho (davergonha) quando finalmente sacar que é preciso fazer algo por você !

Mas por que a vida é assim? Uns herdam um gramado tão verdinho$$$, ou são desportistas natos. Outros nascem com um intelecto afiado para os números, palavras ou ciências. Há  também os queaterrizam direto nos holofotes das artes e, os mortais,que passam a vida tropeçando e buscando caminhos.

Os pesquisadores descobriram que, enquanto você está na zona de DESconforto (lamentando, dandodesculpas, justificativas e se sentindo impotente), sua vida tá passando… Então eu corro pra te salvar e recorro aos sábios de minha mãe:

É de Nietzsche a famosa frase: Torna-te quem tu és.
grande filósofo alemão (1844-1900) descreveu emuma simples frase, um conceito tão atual:  ele quis dizer que cada ser traz em sipara a vida, um propósito maior.

Porém, descobrir, lapidar, ou reinventar esse propósito é o perrengue diário pelo qual a nossa espécie passa.

Tornar-se quem tu és é um processo longo, por vezes doloroso, com incertezas, alguns erros, novas tentativas e boa sensação de estar sempre abrindo caminho.

Até a maturidade emocional chegar e te entregar quem tu és, muitas de nós mulheres, passam anosescondidas atrás da família, dos filhos, de uma carreira qualquer, sem se olhar, apenas acreditando que  parecer satisfeita já bastaria.
Mas como a vida daquela pessoa que você admira e se espelha flui e prospera tanto? Tudo simplesmente aconteceu pra ela !!!
Um milagre? Sorte? Deus quis? Foi o acaso? Ou ela fez macumba?

Não!!! O que os pesquisadores de gente dizem é que a diferença de quem chega lá pra aquele que não consegue decolar, é que o bem sucedido não acreditouno incolor bege calcinha da vida ou nunca vestiu umuniforme de vítima das circunstâncias. Não abraçou as previsões infundadas (de destinos medonhos) que nossos sabotadores mentais criam.
Aceitou oportunidades mesmo que pequenas e foi pra vida !
Passou dificuldades de todas as espécies: existenciais, financeiras, emocionais. Mas encarou como parte do processo.

Então, você…  evoluída e moderna… atualizada, conectada e até tatuada, não vai ter outro jeito senão encarar as tendências  pra também se livrar  da zona de DES- conforto e abraçar o que és de verdade!
Tá na sua vez: Re-configura sua caixa mental, emocional e social quantas vezes for necessário. Acostuma-se com os  obstáculos, percalços pois eu te juro que depois destes, virão outros e depois maisoutros, enquanto viver .

A vida tá te pedindo menos mi mi mi e mais atitude para:  Reciclar, Re nascer, Re inventar, Re nomear.

Afinal, encarando as coisas como devem ser, o mundo fica ou não, pequeno pra nóix, mulherada???

Woman To Be
Coaching para Mulheres
www.womantobe.com.br

Posted in: Artigos

Deixe um comentário: (0) →